19 abril 2017

10 Músicas Brasileiras De Todos Os Tempos - "Definitivamente"

Muitos não irão gostar, mas uma das canções mais festejadas, onde quer que se vá, foi gravada por uma mulher que nem mesmo cantora é: Xuxa.

Mas antes de citar as canções quero lembrar aquilo que normalmente é falado quando publica-se este tipo de Ranking e listas: "não existe lista perfeita". Listas são boas para abrirem discussões, chamar para o assunto. Há quase sempre um pouco de racional misturado com um pouco do emocional de quem cria uma lista deste tipo - não serei tão diferente.

Já vi algumas listas muito boas, porém um tanto tendenciosas do meu ponto de vista. Às vezes cheira a influência de grupos influentes. Se formos falar de rádio e TV jabazista, então, a coisa fica óbvia.

Bom, alguns anos mexendo com música e boemia nas noites, festas particulares, bares e pequenos eventos pela cidade - tive a oportunidade de observar, na prática, o que qualquer frequentador de casas noturnas  poderia notar: que há artistas muito queridos, com suas canções que são como verdadeiros hinos da música brasileira, mas que não aparecem em tais listas.

É com este espírito que escrevo esta, que até pode pecar pela particularidade do olhar musical deste que vos escreve, mas não pela falta de ecleticidade.

A ordem pouco importa, portanto, nem irei numerar. Não citarei necessariamente os compositores, mas os interpretes.

.Ilariê - (Xuxa) Isso mesmo! Quando a galera quer realmente soltar a franga; quando quer quebrar o gelo, como se voltasse a ser criança, vai ao delírio com esta canção. Seja em uma colação de grau, aniversário de 50 anos ou festa infantil, todos se libertam com esse Hit atemporal, fazem até trenzinho. E aí já está representado toda gama sonora  de música divertida (Mamonas, Tiririca, Patti Patatá, galinha pitadinha, Trem da Alegria e outras tantas...)


.País Et Cirsenses - (Mutantes) Tá aí um som dos Mutantes pra representar meio mundo do Rock Nacional. A banda ganhou influencia dos Beatles, mas também os teria influenciado com sua psicodelia. Poderia citar - com igual importância - alguma  canção do saudoso Raul Seixas que foi, e continua sendo, um dos gigantes da nossa música. Uma lista dos melhor que não mencione Raul não é uma lista séria.


Tá Na Hora - (Consciência Humana)  Se você está achando que não estou falando sério, pode começar a crer agora. Tem muito Rap de qualidade que poderia ser citado aqui. Muitos nomes se destacam hoje no Rap brasileiro. Pensei em colocar Nego Drama dos Racioanis MCs, que é um rap excelente do grupo mais respeitado do Rap Brasileiro. Porém, essa música do Consciência Humana, além de ter sido bem construída, foi também um grande ato de coragem. A música denunciou, inclusive citando nomes, os "assassinatos causados por gangues de polícia". A música de denuncia dos caras lhes renderam ameaças. Após a repercussão da música, Preto Aplick, um dos integrantes do grupo, teria sido atropelado por um veículo da Rota, mas o grupo continua na ativa dando continuidade a história. 

.De Volta Pro Meu Aconchego
- (Elba Ramalho) É uma canção de várias regravações, várias versões - uma das mais lindas melodias da música popular brasileira. Seu autor expressou, como ninguém, um choro de alegria, retratando um momento existencial na vida de milhares de pessoas - o regresso. Pintando com primor a questão da SAUDADE, sentimento tão bem definido por esta palavra tão brasileira.

.Vida De Gado - (Zé Ramalho) uma canção de melodia forte e marcante com uma carga social importante, dramática mas otimista. Quando vi a lista da Rolling Stones com as 100 melhores músicas brasileiras de todos os tempos senti logo falta de dois nomes que todo mundo conhece e toca na noite: Zé Ramalho e Djavan. Tinha artista com duas canções no Rank e os caras não apareceram. Foi o que primeiro me motivou a criar esta lista mais justa. É quase impossível encontrar um músico da noite que não toque Djavan ou Zé Ramalho. Uma lista destas que não menciona Djavan ou Zé Ramalho entre as 10 primeiras não é uma lista séria.

.País E Filhos - (Legião Urbana)  Houve um tempo em que algumas lojas de instrumentos musicais mantinham um aviso próximo aos violões e guitarras: "proibido tocar Starway to Heven" É que todo mundo que tinha a oportunidade de testar um desses instrumentos, mesmo quem não tocava muita coisa, queria experimentar os instrumentos fazendo aquela famosa introdução. Chegava a ser irritante para alguns vendedores. Depois de um tempo, outras introduções que todo mundo queria fazer eram: Whisk You Here, Nothing Else Matters, Come As You Are e País E Filhos.


Mesmo assim, a canção escolhida aqui pra representar o pop rock dos anos 1980 e início dos anos 1990 vale mais que seus belíssimos arranjos. Sua letra é igualmente bela e tão bem construída que, mesmo falando de um suicídio, ainda é muito bem aceita em todos os lugares. Essa talvez tenha sido a canção mais difícil de ser escolhida aqui. Uma geração que teve Cazuza,  Lulu Santos, Ira, Engenheiros, Paralamas,  kid  Abelha, Ultraje, Plebe Rude, Nenhum de Nós...é até covardia escolher apenas uma canção pra por numa lista. Sobretudo, é uma canção bem aceita em qualquer lugar. 

.Sol De Primavera - (Beto Guedes) Aqueles jovens de Belorizonte que ficavam na esquina tocando violão produziram grande parte das melhores músicas populares do Brasil. Nunca subestime alguém tocando violão nas esquinas das ruas. Milton Nascimento, Lô Borges, 14 Bis... Com o movimento musical Clube da Esquina foram precursores da renovação e qualidade musical brasileira. A riqueza musical do movimento, que agrega peculiares influências sonoras, faz com que supere o Tropicalismo no olhar de parte dos críticos. O Clube promoveu a integração musical do Brasil com a América latina e lançou as bases da chamada World Músic.  


.Preta Pretinha - (Novos Baianos) Escolhi esta pra representar toda música baiana. Poderia ser uma cação de Gilberto Gil, Caetano Veloso, Dorival Caymmi, Chiclete Com Banana... Mas esta canção é de tamanha simplicidade que torna-se complexo explicar como ela agrada a gregos troianos e xiitas - não fala mal de ninguém, eu diria - e todo mundo sabe um trechinho dessa melodia que cola igual Chiclete.  Morais Moreira, primo de um amigo meu, conseguiu abrilhantar dois simples acordes (ré e sol) alterando a característica sonora natural dos acordes. O refrão também é puro arranjo, e no YouTube tá cheio de amadores tentando imita-lo; porém, o cara que chegou mais próximo, optou por faze-lo a sua maneira, e mesmo assim foi aplaudido. Se você toca violão, ainda pode tentar desvendar o que Morais fez na versão original com a ajuda de Pepeu Gomes - Um dos melhores guitarristas do mundo.


.Espelho - (João Nogueira) Logo me vem, à mente, a Praia do Espelho, na Bahia - Considerada a segunda praia mais linda do Brasil - pelo menos é o que dizem os guias turísticos de Porto Seguro, município próximo a esta praia de não muito fácil acesso. Muita gente ronda a região, mas não conhece tal praia tida como a segunda mais bonita (com falésias, piscinas naturais, peixes e tartarugas a vista e mata atlântica preservada) Bom, é o que dizem, eu não fui lá. 

E a primeira praia mais linda do Brasil, você sabe qual é ?  Dizem que é Abrolhos - nem essa você sabia, né?  Fique triste não, a maioria das pessoas não sabem nem o nome das três caravelas que vieram com Cabral ao descobrimento do Brasil. A maioria que arrisca dizer, pensa que foi Santa Maria, Pinta e Nina - mas estas foram as de Colombo.

Bom, ouvir este samba do João Nogueira é semelhante a ir em uma dessas lindas praias paradisíacas. Porém, sei que posso estar procurando briga ao escolher apenas um samba no país do Samba com grandes mestres como Martinho Da Vila, Fundo De Quintal, Tom Jobim, Cartola entre tantos outros. Cartola, analisando sua história contada pelo programa Por Toda A Minha vida, exibido pela Rede Globo -  foi, pra mim, o grande cara da música brasileira; uma história muito comovente com a qual me identifico muito. Cartola sempre aparece na lista dos melhores. Na lista da Revista Roling Stones aparece com duas canções: O Mundo É Um Moinho e As Rosas Não Falam)

.Escolástica - (Adão Dãxalebaradã) Bom, gente! Chegamos ao fim do top 10 e sei que ficarei devendo muita cação boa e muita gente boa que poderia ser citada aqui. 

Finalizo com este som do cara que é um "milagre do metabólico sensorial" - expressão criada pelo próprio para definir aquelas pessoas surpreendentes com seus feitos brilhantes que conseguem surgir de lugares inesperados como uma favela, por exemplo. 

Aproveito para homenagear os inúmeros músicos talentosos e geniais que permanecem sem serem conhecidos pelo grande público. Exemplo:

.Vai Chover Se Eu Te Encontar

.Brazuca Futebol Arte
.Vai Chover!
.Raphael
.Mãe Terra
.Torrão Querido

E se você ficou curioso pra saber quais eram os nomes das caravelas de Cabral:  El Rei, Trindade e Anunciata

Bônus

.Sala De Recepção
(Cartola)
.Gostava Tanto De Você
(Tim Maia)



(Gonzaguinha) 

.Taj Mahal
 (Jorge Ben Jor)

Vestido De Seda
(Trio Parada dura)

Sonhar Contigo
(Adílson Ramos)


Brasil
(Gal Costa)

.Oração Pela Família 
(P. Zezinho) 

.Rap Da Felicidade 
(Cidinho & Doca)

.Flor Do Cafezal 
(Cascatinha & Inhana)
.Brasileirinho

.Tempo Perdido
(Legião Urbana)

.Toda A Nossa Vontade
(Lobão) 

.A Triste Partida 
(Luíz Gonzaga) 

.Sorrir
- Djavan

.O Poeta Está Vivo
- Barão Vermelho 

.Até Quando Esperar
- Plebe Rude

.Pensamento 
- Cidade Negra

.Pescador De Ilusões 
 - O Rappa

.Queimando Tudo
-Planet Hemp

.Neguinha
-Tribo de Jah

.Enredo Do Meu Samba
-Fundo De Quintal 

A Mais Pedida
-Raimundos


.Depois do Prazer
- Só Pra Contrariar 

.Coração Em Desalinho 
Zeca Pagodinho 

Roberto Carlos
-Quando Eu Estou Aqui





Próximas Publicações

.Machismo, Femismo E Feminismo
.Quem É O Politico Profissional Na Luta De Classes ?
.Bandido Negro E Pobre Que Morra !
.Dificuldade Do Artista Amador
.Lado Obscuro Da Humildade
.Refutando A Necessidade De Silêncio
.Top 10 Músicas Brasileiras De Todos Os Tempos
.Analisando Políticas Sobre Critérios De: Metodo/Obejtivo, Ideal/Paliativo, Custo/Benefício
.Correio Elegante Aos Inimigos Do Estado
.O Que É bom Senso ?
.Livro Virtual Da Sua Própria Vida

Não necessariamente nesta ordem